Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Mercado Dólar sobe ante real acompanhando exterior, após eleições francesas

Dólar sobe ante real acompanhando exterior, após eleições francesas

Na sexta-feira (5), a moeda fechou em queda de 0,24%, cotada a R$ 3,17.

O dólar opera em alta ante o real nesta segunda-feira (8), com o mercado acompanhando o movimento de realização de lucro no exterior após a confirmação da vitória de Emmanuel Macron à Presidência da França, mas internamente a cautela continuava com os investidores de olho na tramitação da reforma da Previdência no Congresso Nacional.

Às 15h19, a moeda norte-americana subia 0,73% vendida a R$ 3,1984. 

"A larga margem de Macron sobre (Marine) Le Pen se concretizou, e não trouxe surpresas", comentou a corretora Guide em relatório a clientes.

Macron foi eleito presidente da França na véspera com mais de 65% dos votos, derrotando Marine Le Pen, uma nacionalista de extrema-direita que ameaçou retirar o país da União Europeia (UE). A vitória do candidato de centro representa um alívio para aliados europeus que temiam mais avanço de populistas na sequência da decisão do Reino Unido de deixar a UE e da eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos.

Internamente, os investidores continuavam atentos à movimentação política para a votação da reforma da Previdência, considerada essencial para colocar as contas públicas do país em ordem. Está marcada para o dia seguinte a votação dos destaques ao projeto na comissão especial da Câmara dos Deputados, que na semana passada aprovou o texto-base.

O Banco Central não anunciou qualquer intervenção para o mercado de câmbio para esta sessão, por ora. Em junho, vencem US$ 4,4 bilhões em swap cambial tradicional, equivalente à venda futura de dólares

Na sexta-feira (5), a moeda fechou em queda de 0,24%, cotada a R$ 3,17, com o mercado aliviado após os dados sobre emprego nos Estados Unidos não endossarem apostas de altas adicionais de juros no país, avalia a Reuters.

No mês, o dólar tem alta de R$1,98%. No ano, a moeda acumula queda de 2,30%.

Leia notícia na integra aqui.

Fonte: http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/cotacao-dolar-080517.ghtml

Ações do documento